terça-feira, 30 de dezembro de 2014

Balanço final 2014

Depois de ter estado no Nepal em agosto com as crianças, venho agora fazer o ponto da situação e agradecer aos que entretanto me contactaram e deram o seu contributo para ajudar o lar New Vision Children's Home que é gerido pela minha amiga Jyoti e em que vivem dezasseis crianças.
A última criança a entrar para o lar foi a Shanti, na altura em que eu lá estava. Fora trazida por uma outra amiga minha nepalesa que sabia dos maus tratos que a criança sofria em casa. No lar vive ainda uma adolescente, a Kushi, sobrinha da Jyoti, o seu braço direito nos cuidados do lar.
Após o reencontro que eu proporcionara entre uma das crianças, o Parash, e a sua irmã Zapana que vivia num outro lar, esta veio uns tempos viver para o New Vision mas acabou por regressar ao lar a que já estava habituada quando, por fim, o mesmo acabou por ver legalizada a sua situação.
No post anterior já tinha referido o único contributo que chegara enquanto estive no Nepal e que ajudou a colmatar parte das despesas do lar. Aqui ficam agora mencionados, com os maiores agradecimentos, os amigos que fizeram chegar o seu donativo no período decorrido entre setembro e o final do ano 2014:
- O Ali, que reverteu a sua prenda de aniversário, da parte de amigos e familiares, a favor deste lar, no montante de cerca de 150€. O Ali é um amigo britânico que conheci em Portugal e reencontrámo-nos no Nepal em 2010. Vive e trabalha agora na Costa Rica.
 
- A Serena, uma romena a viver em Portugal, que comparticipou com 63€. Conheci-a através de um amigo comum aquando da minha exposição de pintura "Himalayas" na Espiral, em Lisboa, nos meses de julho e agosto.
- A Margarida, uma amiga portuguesa que conheci em Timor-Leste e que esteve comigo no Nepal no verão, e que ajudou com 150€. Os miúdos tratavam-na por Maguy e, entre as tarefas que desempenhou em regime de voluntariado, deixou uma horta plantada que entretanto tem sido servida à mesa neste lar. O seu contributo destina-se também à manutenção desta horta pela aquisição de mais vegetais, se necessário. Espero que os que lá estão assim o continuem a fazer, pelo menos como confirmam as fotos entretanto enviadas.
- O Kirti, um amigo nepalês com quem colaborei na apanha de legumes na Austrália e que entregou diretamente no lar, através da sua irmã que vive em Pokhara, a quantia de 12.000 rupias nepalesas, cerca de 100€. O Kirti é um "expat" que neste momento vive e trabalha na Tasmânia.
Conforme mencionado no post anterior: Verão no Nepal com as crianças, comprometi-me a dar ao lar um contributo financeiro mensal que lhe é feito chegar através dos meus amigos da Machhapuchhre Guest House e do Hotel Liberty, em Pokhara, a quem também agradeço. Tem sido, assim, entregue à Jyoti a quantia mensal de cerca de 100€ e que, na medida do possível, se irá manter no próximo ano.
Agradeço novamente à Anick, que esteve no Nepal em dezembro, o envio de algumas fotos acima expostas e à própria Jyoti, cada vez mais perita, que me vai enviando fotos de matar saudades...
Vou vislumbrando, então, os passeios e picnics das crianças,
e as suas banhocas no rio, quando faz sol em tempo seco e frio...
Depois, claro, ficam doentes, engripados, e a Jyoti cobre-lhes o corpo de pomada milagrosa.
Mas logo estão aptos a mostrar os seus dons de bailarinos nas festas da igreja ao fim de semana e, muito agasalhadinhos, lá aproveitam para visitar mais uns recantos da bela cidade de Pokhara.