sábado, 28 de junho de 2014

Agradecimentos iniciais 2014

Aqui deixo, através destas imagens, os meus agradecimentos àqueles que, de alguma forma, deixaram o seu contributo ao lar de crianças New Vision Children's Home, no Nepal, desde o início deste ano até à data. Pessoas que, de alguma forma, se cruzaram no meu caminho, ao longo e através da minha Viagem Incógnita...
- A Liz que, em janeiro, enviou o seu contributo destinado a comprar bens alimentícios às crianças. Conheci a Liz em Bundaberg, na Austrália, em agosto de 2013: Austrália
- O Nicolas, de Paris, e a Patrícia, do Porto, que se voluntariaram no lar em Pokhara, ele uma semana em fevereiro e ela no mês de março. E à Patrícia agradeço fotos, informações, diligências várias para com estas e outras crianças das redondezas.
- O Michael, alemão, que visitou o Nepal e o orfanato com a esposa, em abril, e lhes deu apoio naquilo que era mais necessário na altura. Conheci o Michael em janeiro de 2012 em Udaipur: Norte da Índia
Nessa altura festejava-se o novo ano nepalês de 2071 e as crianças gozavam as suas férias escolares. E adivinhem que fez uma visita? A Ruth! Ela não vinha a este lar há mais de um ano, desde que foi levada para o outro lar onde agora vive e frequenta a escola.
E que radiante ela estava por reencontrar os seus amigos, a sua família do coração, e a Rupa que é a sua verdadeira irmã mais nova que agora vive no New Vision Children's Home.
Em breve recomeçaria o novo ano escolar e por esta altura a Susana, que conheci em Pokhara no ano transato, deslocar-se-ia ao Nepal para pagar na escola as propinas das crianças que foram apadrinhadas com a ajuda dos seus amigos espanhóis.
E é vê-los a crescer e a dedicarem-se seriamente aos seus estudos, oportunidade que têm por viverem nesta instituição situada na cidade. Por certo a sua vida seria bem diferente, para pior claro está, se ainda vivessem nas suas aldeias de origem, tal como acontece com a irmã mais velha da Ruth cuja vida é trabalhar no campo e cuidar da mãe e dos irmãos.
Mas evidentemente estão também sempre prontos para uma atividade mais lúdica, como desenhar e pintar. Mesmo que sejam letras para agradecer a ajuda que vem de longe...
E letra a letra formam a palavra "THANK YOU" já que a escola lhes dá igualmente a oportunidade de aprender o inglês, língua que depois vão praticando com os turistas que os visitam.
E as outras letras e palavras que formam destinam-se, desta feita, a agradecer aos alunos da Escola Ferreira de Castro, em Sintra, quatro turmas em particular: 5A, 5E, 6I e 6L.
A turma 6L enviou-lhes, pelo Natal, postais realizados pelos próprios alunos com pequenas mensagens de Boas Festas trabalhadas na disciplina de inglês. Relembro que as crianças deste lar no Nepal são educadas segundo princípios cristãos, religião há muito adotada pela família da Jyoti, a diretora do lar.
 
Alunos das restantes turmas referidas participaram, com dedicação e carinho, numa recolha de fundos através da distribuição de pequenos calendários de bolso pela comunidade.
Aos meus familiares e à amiga Teresita, de Sintra, agradeço também a ajuda na distribuição destes calendários. O montante angariado serviu para prestar auxílio na compra de alimentos para as crianças durante o mês de maio. E à Anick agradeço ainda o envio de ótimas fotos, em dezembro último, e que aqui exponho, tais como outras que me foram gentilmente cedidas por quem os visitou este ano.
Falta agradecer à querida Brenda, alemã, que desta vez se ofereceu para apadrinhar o Manish, criança que vive noutra localidade com os avós e que frequenta agora o oitavo ano de escolaridade. Conheci a Brenda na Malásia, em março de 2010, ainda antes de me envolver com este orfanato no Nepal que visitaria nesse ano, em maio. Juntas visitámos as Cameron Highlands e seguimos depois para as bonitas Ilhas Perhentian
Por fim, refiro o jovem Sagar Nepali a quem já foi colocada a prótese no lugar da mão que lhe falta. E estas são as fotos possíveis, que daquelas paragens me chegam.
Estes são apenas alguns casos que conheço entre tantos que precisam de auxílio num país tão desfavorecido como o Nepal. Se porventura quiser prestar também o seu contributo a estas crianças pode fazê-lo adquirindo uma pintura ou fazendo um donativo através do site Humanity Mountains. Ou fazendo voluntariado no local. Contacte para qualquer informação. Namastê!

4 comentários:

  1. oie! Você pode me dar maiores informações sobre o voluntariado lá obrigada
    meu e-mail: mariana_fischer15@yahoo.com.br

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá! Pode consultar à direita, nesta página do blog, o link "Nepal: Programa de voluntariado" por baixo das bandeirinhas. Obrigada

      Eliminar
  2. ola, adorei ler este blog. eu ja estive em Nepal nas eleicoes de 2007 . adorei o pais e as pessoas. um abraco. idalina da silva

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada pelas suas palavras, Idalina. Um beijinho.

      Eliminar