sábado, 30 de janeiro de 2010

Dalat

Deixei a praia e dirigi-me para a montanha, atravessando vales e campos verdes cultivados de arroz.

Por estradas sepenteantes cheguei a Dalat, cidade situada a 1500m de altitude, onde as temperaturas arrefecem, sobretudo à noite.
Daqui avista-se a Montanha Elefante e o Lago do Paraiso.
E de teleferico avista-se muito mais...




... como os campos cultivados, as estufas e a cidade de Dalat.


Estufas de flores e vegetais.


Plantações de café. O Vietname é o segundo produtor mundial de café, a seguir ao Brasil.

Bagos de café secando ao sol.

Aldeias onde habitam povos minoritarios e catolicos.

Cataratas do Elefante.


Templo Budista guardado por dragões, morada do Buda Feliz.



Fábrica de seda.



Aldeia do Bordado XQ.



Autenticas obras de arte bordadas...




... num espaço de bom gosto e requinte.





Em Dalat visitamos ainda a antiga estaçao de comboios.





E a afável Trang mostrou-me Dalat à noite na sua motorizada e levou-me a jantar e a tomar café em sitios super agradáveis que só um habitante local conhece.

Por todo o lado a 'Torre Eiffel' lembra a presença colonial francesa.

3 comentários:

  1. Muito bem! Como gostaria de poder estar aí!... Bjs Carmo

    ResponderEliminar
  2. Lila, viajante do tempo e das histórias que vais reencontrando na tua caminhada global. Agradeço o teu espírito enriquecido e admirando a concretização de uma esperança: é possível estarmos de passagem e vivermos a Vida com plenitude. Basta ouvirmos e seguirmos a nossa canção. Boas viagens. Em qualquer parte do planeta me encontras com abraços de boas vindas. bjinx

    ResponderEliminar
  3. Obrigada, amigas!
    Em qualquer parte do planeta pronta a abraçar-vos... Bjinhos

    ResponderEliminar