domingo, 21 de fevereiro de 2010

De novo a Tailândia

Deixei o Cambodja e dirigi-me, num táxi partilhado com locais, para a fronteira de Poipet e Aranya Prathet. De regresso à Tailândia, apanhei um autocarro para Bangkok completando assim um círculo na minha viagem.

Os meus companheiros nesta viagem em primeira classe: um rechonchudinho curioso e o Gili, um israelita lutador de Thai boxing em Bangkok, desporto aqui famoso!


Bangkok


Como as saudades da água começassem a apertar! meti-me num River Express, um barco táxi, e percorri o rio Chao Phraya ate à última paragem para norte e a última para sul. Cada viagem custa 13 bahts (quanto é isso em euros???).

Nonthaburi


Todos os dias, ao pôr-do-sol, as pessoas cantam o hino nacional e a seguir fazem exercício físico nos parques ou à beira-rio.

Depois desta paragem 'técnica' em Bangkok e com mais 15 dias de visto no país, é tempo agora para conhecer algumas praias no sul. Apanhei um autocarro nocturno e dirigi-me para Krabi. De lá apanhei uma mini-van para Koh Lanta. Estava tudo já incluído quando comprei o bilhete.

Atravessando para a ilha no ferry.



Em Koh Lanta esperava-me a Susanna, uma californiana que vive aqui há 8 anos. A 'reboque' na moto dela fui instalar-me num bungalow de praia...

... de onde tenho esta vista.




A praia em que se conhecem pessoas: a Anne Marie, francesa e a Jamila, marroquina.






O bar em que se toma o pequeno-almoço,

se conversa com as donas, irlandesas,

se relaxa...

... ou se janta peixe grelhado...

Fico por aqui uns dias.

2 comentários:

  1. E ficas lindamente...
    Tendo em conta que nós aqui estamos com um "frio de rachar", escolheste o melhor sitio para .... NOS FAZER INVEJA!!!
    És o máximo.

    ResponderEliminar
  2. Pois esse frio nao afecta o calorzinho saudavel que emana das tuas palavras. Um xi-coraçao!

    ResponderEliminar